Vital Remains – Live São Paulo- 07-03-2015

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Ocorreu em São Paulo,  no ultimo dia 07/03/2015, no Inferno Club, um Mega Festival celebrando o Death Metal, com a lenda do estilo Vital Remains, tocando com grandes nomes do Metal Nacional, como GENOCÍDIO. MORFOLK, MYTHOLOGICAL COLD TOWERS, OLIGARQUIA e NECROMESIS .

Infelizmente o público era muito pequeno, porém, as bandas respeitaram aquele poucos que compareceram, com apresentações dignas de congratulações, todas as bandas deram o mlhor de si em cima do palco, e mostraram a grande força que o Metal Nacional possui.

 

Vital Remains 1

O fato do local estar ou não cheio, de modo algum influenciou na performace das bandas citadas acima, que mostraram repertórios, recheados de muito peso, além de ótimas, performances, provando mais uma vez, se é que isso ainda precise de provas, de que o Cenário Nacional, possui inúmeras e inúmeras bandas de qualidade.

Pois bem, por volta das 21:00 o palco estava pronto para Tony Lazaro e sua trupe encher o Inferno Club de peso, em uma entrevista dada com exclusividade ao Heavy World, Tony já havia falado que iria tocar músicas de toda a sua carreira inclusive musicas inéditas, então já tínhamos a prévia de que aquela apresentação prometia e muito.

Todos sabemos que o Vital é uma banda pioneira do Death Metal, surgida em 1988 em Providence, nos Estados Unidos, e é liderada pelo ótimo Tony Lazaro, um aficionado por música pesada, e que embora a banda passe sempre por várias mudanças de formação, a qualidade das composições se mantém sempre em auto nível.

Vital Remains 2

E o que tivemos foi uma massacfe sonosro no Inferno, uma banda furiosa, que não se abalou com o pequeno público e já entrou mandando Where Is Your God Now? Logo de cara, já emedando com a longa viagem infernal de Icons Of Evil, esses sons são uma pura viagem além de conter riffs cativantes do começo ao fim, o Tony é muito técnico, ele fica paradão no canto direito do palco, só dedilhando palhetadas matadoras, além de estar sempre cumprimentando a galera.

Na pista, o modesto público fazia o que podia, pulava, agitava, ensaiava um mini mosh, enquanto lá de cima a banda mandava mais clássicos, como na ótima Scorned e todos os seus mais de 8 minutos de blasts e pura brutalidade, impressionante como o Vital Remains é brutal ao vivo, a bateria soa a mil por hora, a cozinha é arrumada e o vocal extremamente gutural, e a guitarra de Tony, nem precisa falar nada não é ?

Vital Remains 3

Como prometido os caras mandaram uma música nova, bem no estilo da banda, já deixando registrado que o próximo trabalho vai ser muito bom, além de muito pesado, e no fim,  mas é claro que no fim ficou o melhor, a ótima Forever Underground e toda a sua arte obscura  perfeitamente executada, esse som é demais, tem umas bases de arrepiar, não da pra ficar sem balançar a cabeça, nesse hino do Death Metal.

Pra finalizar, Dechristianize, fecha uma ótima apresentação, que infelizmente estava vazia, porém a banda em nenhum momento desmereceu do modesto público, pelo contrário, os ovacionaram por comparecer ao evento e vê-los, par eles era  uma satisfação mesmo, e para quem foi também, pois não é todo dia, que um dos maiores gênios do Metal Extremo toca aqui em São Paulo, e valeu muito a pena, e os poucos que compareceram, sabe do que estou falando.

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles