The Black Dahlia Murder – Peso e Viiolência no Rio de Janeiro

E era chegada a vez do Rio Janeiro conferir no último dia 23/10/2016 a passagem dos Americanos do The Black Dahlia Murder após 2 belos shows no Brasil em Curitiba e em SP,  a banda fez o último show da turnê Brasileira no Teatro Odisseia tendo como convidadas as bandas  Reckoning Hour e Siriun.

A primeira banda a ingressar no palco foi a Carioca Siriun, que  com seu Death Metal muito bem elaborado fez bonito, tocando com muita garra e arrancando aplausos da galera no Teatro Odisseia, a banda agradeceu muito a presença do público  e provou que merecia estar na abertura do evento.

 

the-blak-dahlia-2

Na sequência foi a vez dos também cariocas do Reckoning Hour fazerem a sua apresentação com um som mais puxado para o metalcore, com vocais guturais e limpos.  A banda fez muito bem o seu papel e deixando uma boa impressão para a galera que aplaudiu muito esses caras.

Ambas as bandas estão de parabéns, pois provaram a força, qualidade e competência do nosso Metal que foi muito bem  representado nessa noite. E finalmente era a hora de ver os anfitriões, os caras do The Black Dahlia Murder.

E o show já começa mil por hora  com What a Horrible Night to Have a Curse com Trevor Strnad com todo seu carisma e seu potente vocal, o cara não para em cima do palco, vai de um lado para o outro, tocando nas mãos da galera da plateia e interagindo muito com ela, ele agradece a presença e pede pra o povo fazer barulho mandando Statutory Ape, fazendo a galera criar um mosh gigante na pista.

A casa podia não estar muito cheia, mas a banda não se importou e acelerou o ritmo ainda mais em carnações como Abysmal e Nocturnal sempre puxados pela energia de Trevor que dava um show à parte em cima do palco .

the-black-dahlia-1

O Black Dahlia Murder é muito técnico e ao mesmo tempo violento, as suas passagens e bases são de arrepiar e o vocal rasgado cai como uma luva deixando ainda mais insano o som ao vivo da banda e deixando a plateia ainda mais alvoroçada um exemplo claro disso são musicas como Miasma e On Stirring Seas of Salted Blood petardos que não deixam ninguém parados.

No fim os caras mandam as ótimas  Everything Went Black, Deathmask Divine e finalizam a noite com a desgraceira de I Will Return, fechando a conta com saldo positivo no Teatro Odisseia e comprovando o porque o The Black Dahlia Murder encabeça a  nova geração das grandes bandas de Melodic Death Metal.

 

 

Quer ver todas as fotos desse show ???

Então clique abaixo 

https://www.flickr.com/photos/alinenarducci/albums/72157674488328961

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles