The Adicts – Quem disse que o Punk Rock não pode ser bem feito ?

Ocorreu no ultimo sábado a única apresentação dos ingleses do The Adicts no Brasil, o local escolhido foi São Paulo, no Carioca Club em Pinheiros, Zona Oeste da Cidade. Com casa relativamente cheia, muitas pessoas animadas, caracterizadas e empolgadas chegaram cedo na porta do Carioca para prestigiar a apresentação dos ingleses que nunca decepcionam ao vivo.

Para quem ainda não conhece, o The Adicts é uma banda de punk rock formada em 1975,  anteriormente sob o nome Afterbirth & The Pinz, no vilarejo Ipswich, cidade de Suffolk, Inglaterra, a banda se  tornou uma das mais famosas bandas punk daquela época sempre liderada pelo seu carismático vocalista Monkey (Keith Warren).  E por volta das 19:15 eis que este, acompanhado de seus companheiros sempre influenciados pelo visual dos “droogs”, do clássico filme Laranja Mecânicasobem ao palco.

The Adicts 1

Os caras já ingressam com tudo mandando Joker in the Pack, pra delírio da galera, e estava tudo lá, maquiagem, o chapéu, e o carisma de um dos maiores frontmans, do Punk Rock, é impressionate como o Monkey é cativante ao vivo, ele não para, ele agita, dança corre, brinca com um jeito único e ainda tem fôlego de sobra.  E pra galera pirar de vez os caras já emendam Let’s Go Horrorshow, levando a galera ao delírio e comprovando que a noite seria pesada.

E nao é só nas faixas rápidas que a banda cativa o público, as mais lentas como as geniais Tango Hurt do clássico Songs of Praise, funcionam muito bem ao vivo e colocam a galera para dançar literalmente, o som muito bom na casa, e a iluminaçao  perfeita dava um pano de fundo ainda mais favorável para a apresentação do The Adicts.

The Adicts 2

No palco, Pete Davidson, Michael “Kid Dee” Davison, John “Scruff” Ellis e Shahen Hagobian, são uma aula de entrosamento e empolgação, sempre tocando, cantando, chamando e interagindo com a galera grandes canções como Johnny Was a Soldier, e a bela  I Am Yours que arrancou sorrisos e fez muita gente se esgoelar na pista.

O show foi repleto de detalhes que deram muito mais feeling ao espetáculo, como as asas de Monkey, as brincadeiras, a chuva de papel picado, os balões coloridos, entre outros efeitos que animaram ainda mais a galera, sem falar é claro no show do público em Chinese Takeaway emendada com a perfeita Bad Boy.

The Adicts 3

No fim uma chuva de clássicos pra deixar todo mundo nocauteado, começando com Songs Of Praise, passando para a insana Straight Jacket, que sem enrolação já virou My Baby Got Run Over by a Steamroller, e haja fôlego e disposição para agitar tantas boas canções como esta…. Mas a agitação só cresceria com a ótima Who Spilt My Beer?, que ainda teve direito a umas gracinha de Monkey no palco colocando um copo de cerveja na cabeça que foi arremessado por Pete Davidson com o braço de sua guitarra.

Pra terminar a noite não poderia faltar uma das canções mais esperadas da noite, Viva La Revolution, abrindo-se um grande Mosh na pista, terminado essa grande apresentação com o hino You’ll Never Walk Alone, que foi entoado com emoção  por todos os cantos do Carioca Club. Uma apresentação perfeita, cheia de energia, música boa e carisma da banda….Mais uma vez a Free Pass traz aos Brasileiros um grande espetáculo, e ainda estamos em janeiro o que comprova que esse ano eles ainda vão fazer muita gente se divertir como nos divertimos vendo o The Adicts.

 

Confira a bela galeria de Fotos dessa apresentação abaixo.

The Adicts - Live Carioca Club - 30-01-2016

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles