Atari Teenage Riot – Live São Paulo – 19/08/2015

Texto – Lucas Amorim

Fotos – Renato Bras

 

A banda alemã Atari Teenage Riot voltou ao Brasil para uma única apresentação, no útimo dia 19 de agosto no palco do Cine Joia, em São Paulo.  esta foi a única apresentação pela América do Sul, desse alemães mestres em fazer barulho e shows memoráveis, o grupo está em turnê mundial divulgando o mais recente álbum de estúdio, “Reset”, quinto disco na carreira da banda, lançado em fevereiro deste ano.

O público era modesto, porém estava muito animado e ansioso para a apresentação e mesmo sendo em uma quarta feira não intimidou ninguém, o palco era simples, apenas algumas caixas, amplificadores e simples, mais que o suficiente, pois por volta das 23:00, os integrantes Alec Empire Nic Endo e CX KiDTRONiK, entram destruindo tudo com Reset, J1M1 e Activate!.

 

Alec_Empire-5

 

Que começo, a energia dos integrantes é fenomenal, da pra ver a fúria nos vocais de Nic Endo, junto com o olhar raivoso de CX KiDTRONiK nos vocais de apoio enquanto Alex, não para um segundo de agitar no Sample e também fazendo vocais de apoio, a banda de hora em hora reveza para que todos possam ficar a frente do palco, fazendo um rodízio muito bem sacado.

 

Na posta a galera puxava a agitação de todo jeito, mossas, gritaria, dança, pulos, empurrões e tudo o que desse vontade, a banda pedia para a galera atirar e em troca tinha o que pediu em dobro, Nic a toda hora interagia com a galera que não deixava ela em paz, eles a seguiam com os olhos e ela com toda a sua presença de palco mostrava o porque de tão falados são as suas apresentações.

 

 

Nic_Endo-7

Seguindo com o set Death Machine, Blood in My Eyes e um dos sons mais aguardados da noite Speed e todo o seu peso, de metal, punk, crust, dance e tudo que você puder juntar, as luzes foram a mil por hora Alex comandava lá de cima o apocalipse que virou a pista leem baixo, esse som é demais, pois te empolga e não te deixa ficar parado, mas isso é que é bacana a pancadaria não é ?

 

Alex a toda hora pedia para o público ficar mais louco e isso não era difícil de se atender, ninguém ali ligava mais para a hora, ou para que dia era, só queriamos saber da próxima canção, da próxima paulada e do próximo mosh, e ele veio com Destroy 2000 Years of Culture e todo o seu clima dançante que não deixa ninguém parado.

 

Rowdy_Superstar-1

 

Mas a cereja do bolo ainda estava por vir na noite, e ela veio com uma trinca de tirar o chapéu, com Revolution Action seguida de Modern Liars e Black Flags , uma sequência matadora, um chute na boca do estômago de todos os presentes, ainda deu tempo de Alex chamar uma galera pra cima do palco, cantar com elas, fazer festa e passear carregado pela multidão, o cara ainda desceu na pista e cantou um pouco lá deixando todo mundo agitado.

Ainda deu tempo para mais uma We Are from the Internet, para deixar saudades desse que na minha opinião é disparado o melhor show de 2015 até agora, uma aula de barulho, uma aula de energia, uma aula de presença de palco e uma aula de como deve ser um show, esperamos de verdade o regressos desses 3 integrantes que com toda certeza agitam qualquer lugar que estiverem.

 

Alec_Empire-3

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles