Suffocation – Live São Paulo

Em mais uma produção da Dark Dimensions, mais um nome de muito peso pisando em terras basileiras, em uma noite com muita chuva o Manifesto bar foi palco de uma destruição, dessa vez foi a vez do pesadíssimo e renomado Suffocation mostrar como é que se faz Death Metal!

O show marcado para o dia 01/10 em uma noite onde a chuva resolveu castigar a cidade de São Paulo com vontade, foi até meio complicado chegar na casa. Porém chegando no Manifesto Bar, ainda vazio, a banda Siriun estava se apresentando. Banda do Rio de Janeiro, atualmente formada por Alexandre Castellan (Vocal/Guitarra), Ricardo Amorim (Baixo) e Braulio Drumond (Bateria) donos de um Thrash Metal Moderno mesclando Death Metal em seu som foram responsáveis por abrir a noite de muito metal extremo, abrindo o show com “Intent” seguida de “Mass control” e pra esquentar a noite ainda rolou um cover do Decapitated, a música “Spheres of Madness”. E para finalizar o belo show a banda tocou a grande faixa “In Chaos We Trust” e finalizando com “Transmutation”.

A segunda banda que viria a se apresentar são os caras do Gestos Grosseiros, banda renomada na estrada desde 1998, o Power trio atualmente formado por Andy Souza (Vocal/Bateria), Kleber Hora (Guitarra) e Eduardo Ossucco (Baixo) traz as raízes do Death Metal em suas músicas, ainda mais com um baterista que é vocalista, isso mesmo! Dessa vez com a casa um pouco mais cheia, a banda veio pra botar fogo ainda mais na galera, abrindo seu show com “The Antichrist” e seguindo com “The Ambition” e “Crushing the Cross”. O vocalista e baterista Andy Souza sempre agitando a galera a cada som que era tocado, e o peso da música dos caras comia solto por todo canto da casa. Ainda rolou um medley entre as músicas “Human Destruction” e “Countdown to Kill”, seguindo com “Intellectual Death” e finalizando a desgraceira com “In the Name of God”, mais um grande show de muito peso preparando para a entrada dos caras do Suffocation.

Pontualmente as 20:00 os caras do Suffocation já estavam no palco para iniciar a destruição que estaria por vir, a lendária banda de Death Metal dos Estados Unidos já com anos e anos de estrada, com diversos discos lançados veio para promover seu disco novo, intitulado “…of the Dark Light” que inclusive ficou muito bom.  Porém antes de falar sobre o show, vale ressaltar que o vocalista Frank Mullen não estava presente e nem o baixista Derek Boyer. Para substituir o vocal o irmão de Frank,  Kevin Mullen estava no vocal e a banda tocou sem baixista.

Pois bem, os caras abriram com “Thrones of Blood” mostrando todo seu peso e violência logo de início, seguindo com a clássica “Pierce From Within”. Mesmo não sendo Frank Mullen no vocal, fiquei impressionado logo de início com a performance de seu irmão, o cara simplesmente além de um puta vocal agitava pra caramba a galera presente, que retribuía até com as rodas de bate cabeça mesmo no pequeno espaço do manifesto.

A banda seguiu com “Return to the Abyss” de seu mais recente disco seguindo com “Funeral Inception”. Os caras tem uma ótima performance no palco, e agitam muito, porém temos que levar em consideração que um baixista faz muita falta, a banda estava com dois guitarristas mas mesmo assim senti que faltou a presença de um baixista, porém nada que estragasse o som dos caras.

A bateria de Eric Morotti simplesmente devastadora, o pedal duplo extremamente rápido era acompanhado da dupla de guitarristas que simplesmente detonavam tudo, aquele típico show que o cara não para de balançar a cabeça um minuto sequer.

Os caras seguiram o show com “Clarity Through Deprivation”, também do disco “…of the Dark Light” e uma pancada atrás da outra, sendo “Liege of Inveracity”, “As Grace Descends”, “Entrails of You” e com certeza o melhor momento do show, onde os caras anunciaram “Catatonia” seguindo com “Infecting the Crypts” pra finalizar a desgraceira com muita roda de bate cabeça e muito peso!

Como mencionei, apesar da banda não estar completa, os caras não deixaram a desejar, mostrando pra galera de SP que fez bonito e colou em dia de muita chuva como se faz Death Metal de verdade.

 

Suffocation setlist:

1 – Thrones of Blood

2 – Pierced from Within

3 – Return to the Abyss

4 – Funeral Inception

5 – Effigy of the Forgotten

6 – Clarity Through Deprivation

7 – Liege of Inveracity

8 – As Grace Descends

9 – Entrails of You

10 – Surgery of Impalement

11 – Catatonia

12 – Infecting the Crypts

2
Matéria enviada por Lucas Amorim