Amon Amarth – Live São Paulo – 27/05/2017

Texto – Vinicius Coimbra

Se você não foi nesse show, sinto-lhe dizer que você perdeu um dos melhores shows do ano até agora! O encontro foi marcado por juntar os vikings do Amon Amarth juntamente com a lenda do Black Metal Abbath, que foram responsáveis por lotar o Tropical Butantã na noite de 27/05/2017!

Cheguei pela casa pouco antes das 17:00 horas, e a fila já estava muito grande, dobrando a esquina inclusive. Na fila você podia ver a galera que queria ver mais o Abbath, a maioria mais para ver o Amon Amarth, mas enfim, todas com o mesmo propósito, que era curtir os shows.

 

Pouco mais de 17:00 a casa abriu e as pessoas foram entrando aos poucos e ocupando a grade, o tempo foi passando até que pra minha surpresa o primeiro show da noite ficou por conta das meninas do Sinaya, e que sinceramente foram responsáveis por um belo show de abertura, agitando as rodas no meio da casa e a galera retribuía insana nas rodas. As meninas mandaram muito bem com seu Thrash/Death Metal tocando suas músicas como “Life Against Fate”, “Infernal Sight”, “Buried By Terror” e fechando com “Legion of Demons” proporcionando um show de abertura animal!

A próxima banda a se apresentar na noite era a lenda do Black Metal, Abbath! Confesso que eu estava muito ansioso pra ver esse show, por que além de insano o cara é uma figura. As cortinas se abaixam e Abbath e banda sobem ao palco para começar a destruição, porém após da execução da primeira música, “To War”, a guitarra de Abbath e o microfone simplesmente param de funcionar, a produção fica na maior correria enquanto o restante da banda ainda continua tocando pra agitar a galera. Pelo menos no mínimo quase 10 minutos levaram para que a equipe conseguisse arrumar o equipamento, enquanto isso Abbath agitava a galera.

 

O mais bacana é que o cara tocou músicas de seu disco solo, mas também sucessos do Immortal como “All Shall Fall”, “Nebular Ravens Winter”, “In My Kingdom Cold”, “One By One” e “Tyrants”, simplesmente devastador, mesmo com os problemas com som não foram suficientes pra estragar  o show do cara, que foi extremamente aplaudido!

E pra finalizar a noite histórica de lendas, de casa lotada a galera aguardava ansiosamente pelos vikings do Amon Amarth, que vieram com a tour de seu mais novo disco “Jomsviking”. Deveria ser lá pelas 20:30, as cortinas novamente eram levantadas e a destruição viria a começar logo com “The Pursuit Of Vikings”, nem preciso dizer que a casa praticamente virou um campo de guerra! Johan Hegg então diz em português, “boa noite São Paulo, bem vindos a nossa festa viking”, e segue o show com “As Loke Falls”, “First Kill” e a bela “The Way of Vikings” que pra mim é a melhor do novo disco.

 

Posso dizer que o show foi ótimo em todos os sentidos, a banda muito bem afiada instrumentalmente e com os vocais poderosos de Johan foram responsáveis por um ótimo setlist, onde contou com clássicos e também com sons mais atuais como “Deceiver of the Gods”, “Destroyer of the Universe”, “Death in Fire” que foi um dos  melhores momentos do show. A banda ainda tocou os hits “War of the Gods”, “Guardians of Asgard” e encerraram o grande espetáculo com “Twillight of the Thunder God”! Mais um grande trabalho da produtora Liberation, sendo responsável por trazer um dos maiores nomes atuais do metal, proporcionando um show de lendas com muito público e com muito peso! Uma verdadeira festa Viking!

Setlist Abbath:

To War

Nebular Ravens Winter

Warriors

Ashes of the Dammed

In My Kingdom Cold

Tyrants

Fenrir Hunts

Count The Dead

One By One

Winterbane

All Shall Fall

Amon Amarth setlist:

The Pursuit of Vikings

As Loke Falls

First Kill

The Way of Vikings

At Dawn’s First Light

Cry of the Black Birds

Deceiver of The Gods

Tattered Banners and Bloody Flags

Destroyer the Universe

Death In Fire

Father of the Wolf

Runes to My Memory

War of the Gods

Tagged with: ,
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles