Seether – São Paulo – 19/04/2015

E finalmente chegou o dia do Brasil, ver o Seether, o grupo finalmente desembarcou em nosso País e em São Paulo, a apresentação que teve o local alterado rolou na Audio Club e podemos dizer que a espera valeu, pois o show foi muito bom recheado de clássicos de toda a carreira da banda fotos foram feitas por ROGERIO GRASSIA DO SITE MUSICÃO.

O espetáculo recebeu o grupo de Hard Rock brasileiro, Dr. Pheabes, como abertura, e a banda não fez feio e levantou a casa que ainda estava recebendo os fãs. Com uma pegada Hard Rock, e refrãos muito legais, a banda empolgou quem conferiu a apresentação. Sabe, no começo eu achei até estranho colocarem o Dr. Pheabes na abertura, pois as bandas não tem muito haver, mas com certeza os caras se saíram muito bem, além de ser muito simpáticos no palco.

Por volta das 20h, o publico já clamava incansavelmente pelo trio sul-africano, isso mesmo, eles são lá da África, e os caras atenderam aos chamados subindo ao palco poucos minutos depois e sem delongas ou enrolações , já iniciaram o espetáculo com Gasoline e a galera foi a loucura logo de cara, esse foi o sinal de que realmente a espera tinha acabado.

 

Seether 1

Achei curioso que o vocalista e guitarrista Shaun Morgan não estava no centro do palco. Shaun, posicionou-se na lateral esquerda – de quem estava assistindo o show -, deixando no centro,  o animado baixista Dale Stewart, sendo logo seguido por Bryan Wickmann (guitarrista da turnê). Shaun estava muito discreto na apresentação,  praticamente não saiu de perto do microfone, o cara também não interagiu muito com a galera, diferentemente de Dale, que andou por todo palco e conduzia o publico entre pulos e palmas e era só sorrisos, porém, a falta de carisma de Shaun não abalou em nada seu talento e a sua performance.

Durante as três primeiras musicas, achei o vocal do Shaun um pouco baixo porém logo isso foi resolvido e o som ficou ótimo, para a banda sacudir o local com Drive Under, Fine Again e claro a mais querida dos brasileiros, Broken  que foi tocada somente por Shaun e Dale.

Após a execução de Broken, deu tempo de um  solo de bateria, que arrancou aplausos do público. Particularmente eu cuti muito o setlist, pois foi bem mesclado entre todos os álbuns da banda, contando com Fake it e Words as Weapons e outras canções que passearem pela bela trajetória do Seether em todos os seus anos de carreira.

Seether-2

No fim a banda manda uma das minhas prediletas  Remedy, agradecimentos, aplausos da galera, uns mimos da banda pois o  quarteto retribuiu o carinho distribuindo baquetas e palhetas ao publico que era só sorrisos. Com toda certeza, afirmo que o Seether surpreendeu e cativou toda a galera que compareceu em seu primeiro  show em São Paulo, pois a banda revisitou seus 15 anos de carreira e não deixou as mais pedidas de lado, os caras tocaram tudo mesmo, e isso com certeza foi um prato cheio para os fãs que marcaram presença.

Abaixo confira o setlist do show.

1-Gasoline
2-Needles
3-Rise above this
4-Drive Under
5-Fine again
6-Broken
7-Solo Bateria
8-My Disaster
9-Word as weapons
10-Tonight
11-Country Song
12-The Gift (Acustico)
13-See you at the bottom
14-Fake it
15-Remedy

Tagged with: , ,
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles