Paul Dianno – Live São Paulo – 12/04/2015

Paul Di´Anno, primeiro vocalista do Iron Maiden, responsável pelas vozes nos dois primeiros álbuns da Donzela de Ferro, tocou novamente em São Pulo, no ultimo dia 12/04/2015. Após anunciar sua aposentadoria em 2013, o frontman não conseguiu ficar longe dos palcos e retornou ao país para mais uma série de apresentações. Em São Paulo, o show ocorreu no Carioca Club, e fez parte da festa de 30 anos da Rádio Corsário, que contou também com a participação do grande Korzus.

Nesta nova passagem pela capital paulista, Paul Di’Anno trouxe especialmente na bagagem a turnê que celebra o lançamento do debut álbum “Iron Maiden”e das principais composições do álbum “Killers”, mas antes o Korzus, fez uma bela introdução pra galera.

17194864371_8492723357_z

Divulgando seu ultimo trabalho, o elogiado Legions, o Korzus colocou todo seu peso e experiência de décadas, tocando as suas principais composições e músicas novas, absolutamente posso afirmar que o Korzus está em seu melhor momento, entrosado, com sangue nos olhos e com um show muito dinâmico.

 As canções cantadas em português funcionam muito bem ao vivo, Correria, Vampiro e Guerreiros do Metal, além dos clássicos de sempre que não faltam para empolgar a galera que nunca poderá reclamar da energia que o Korzus passa a todos, seja com o som, seja com as mensagens, uma banda completa que não precisa mais provar nada para ninguém.

17009303879_361721d0d2_z

Seguindo a apresentação, após alguns ajustes, lá atrás das cortinas uma voz fala que Paul já está no palco e que por motivo de um acidente de moto, não conseguia andar, porém iria cantar pra galera, porque a sua vida era no palco, e quando as cortinas sem abrem, vemos um Paul Dianno, sentado em um cadeira, porém com uma voz potente que não atrapalharia em nada a apresentação.

O cara já abre com uma trinca que deixou sorrisos de orelha a orelha na plateia, The Ides of March, Sanctuary e Wrathchild, e o mais legal nos shows do Paul Dianno é que ele deixa as músicas bem mais pesadas e rasga o vocal, e isso deixa a canção muito mais interessante, e essas então ficaram magníficas.

16573014534_23116922e3_z

Umas palavras com a galera, dizendo que estava com dor, mas que os analgésicos estavam ajudando, e mais uma dobradinha clássica Murders in the Rue Morgue, seguida de Killers, nossa, esses sons embalaram muitos dias de minha adolescência, não me canso de ouvi-los, e tenho certeza que a plateia também não, deu até tempo de uma musiquinha do Batltezone, Children of Madness, aliás, grande banda o Battlezone, eu curto muito, e acho uma pena não ter ido pra frente, pois era uma boa banda mesmo.

Bem, Paul estava muito animado, brincou muito com a galera, conversou com a sua banda de apoio e tocou muito Iron Maiden, que era o que o povo queria, e um grande momento da apresentação foi em Phantom of the Opera, com aquele festival de ÔÔÔ, emendada com a perfeita Transylvania, que não deixou ninguém sem agitar no Carioca.

17007718418_9cef9b9790_z

Na parte final da apresentação, um dos sons mais aguardados da noite a pesada Iron Maiden, seguida do clássico Running Free, mas não era só isso, ainda deu tempo de Paul mostrar o seu lado Punk, com dois covers Blitzkrieg Bop, dos Ramones e Anarchy in the U.K., do Sexs Pistols, ai veio os agradecimentos finais e o fechamento das cortinas.

Parabéns a Radio Corsário por esses trinta anos de luta pela cena nacional, não é qualquer um que dura isso não e na ativa ainda, é mais dificil, e quanto ao Paul, ele cumpriu seu papel, fazer lembrar que a sua voz nunca será esquecida.

17009304089_be79b75ae6_z

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles