Grave Digger – Live São Paulo – 03/05/2015

Em sua 9ª turnê pelo Brasil, o Grave Digger conseguiu um bom público no Carioca Club, e fãs de todas as partes de São Paulo compareceram para apreciar as músicas novas e os já consagrados sucessos dessa que é com toda certeza uma das bandas mais queridas do Metal Mundial.

Os caras estão aí com mais um disco novo chamado Return of the Reaper, e começaram a apresentação com um som desse álbum a poderosa Hell Funeral, que já esquentou a platéia, emendada logo com um clássico absoluto The Round Table (Forever), uma combinação perfeita do velho e do novo que agradou todo mundo no Carioca.

 

Grave 1
A banda continua a mesma das ultimas passagens em termos de simpatia, comprimisso em agradar o público, garra e claro, peso, muito peso para fazer todo mundo se sacudir na platéeia, e sacudir foi o que a galera fez no dueto seguinte com duas das melhores canções já compostas pelo Grave Digger, Witch Hunter, já seguida com The Dark Of The Sun, do imortal Tunes Of War.

O vocalista Chris Boltendahl conversou muito com o público elogiando bastante o Brasil, é claro que não é mentira, senão os caras não voltariam aqui tantas vezes não é ? E seguindo com a apresentação um momento que merece destaque é a execução de Lionheart, que arrancou pulos, gritos e demais manifestações da galera, seguida da ótima The Last Supper e da poderosa War God , está ultima do novo álbum dos caras.

 

Grave 2

E para finalizar, quatro canções matadoras pra deixar todo mundo extasiado, The Curse of Jacques, apontada pelo próprio vocalista como uma de suas preferidas, Excalibur e o seu poderoso refrão, Knights of the Cross, que não deixa uma cabeça sem se mexer durante a sua execução e o hino e uma das canções mais pedidas da noite, Rebellion, esse som é lindo de morrer, e ver o público fazendo a capela não tem preço, fica muito legal mesmo.

Os musicos agradecem muito e saem do palco, porém por pouco tempo, pois logo retornam para o famoso Bis com Highland Farewell, a bela Morgane Le Fay que arrancou sorrisos do público, seguida de um breve solo de teclado e um ultimo suspiro para alegria dos fãs com a música mais pedida da noite e o hino do que define a carreira do Grave Digger Heavy Metal Breakdown.

 

grave 3

Missão cumprida para o Grave Digger, que agradeceu muito ao publico aplaudiu, sorriu, mandou beijos e com toda certeza eles podem vir mais 09 vezes que não enjoaremos, pois as suas músicas são inesquecíveis e ao vivo são ainda mehores, o público aprova essa banda e sabemos que a voz do povo é quem manda, vida longa ao Grave Digger.

Set List

1. Hell Funeral
2. The Round Table (Forever)
1. Witch Hunter
2. The Dark of the Sun
3. Ballad of a Hangman
4. Season of the Witch
5. Lionheart
6. The Last Supper
7. War God
8. Hammer of the Scots
9. Tattooed Rider
10. The Curse of Jacques
11. Excalibur Play Video
12. Knights of the Cross
13. Rebellion (The Clans Are Marching)

Grave 4

Encore:
14. Highland Farewell
15. Morgane Le Fay
16. Keyboard Solo

Encore 2:
17. Heavy Metal Breakdown

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles