Forahneo – Uma grata surpresa na música pesada !

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Bom, antes de mais nada acho que toda pessoa que se diz fã de Death/Thrash Metal precisa ouvir esse disco, posso dizer que os caras do Forahneo simplesmente arrebentaram.

A banda é formada pelos chilenos Tito Melin , Roberto Nervi e Eduardo Jarry e Andy Nacrur e o disco da banda se chama “Perfidy. Um disco que chama atenção por vários fatores, mas principalmente pela sonoridade, é o tipo de disco que é uma porrada do começo até o final, o tipo de Death Metal/Thrash sem frescura, sem firula e enrolação.

Posso dizer que “Perfidy” é um disco que mostra o peso de um Death Metal bem tocado mas também uma técnica apurada, tanto instrumental quanto vocal, Tito Melin tem um gutural animal acompanhando com os riffs pesados e solos bem técnicos de Roberto Nervi, dá pra perceber que a banda não se prende ao passado,o Forahneo soube usar muito bem elementos modernos nesse disco, mas também sem fugir da raiz do Death Metal.O  disco é acompanhado tanto de músicas rápidas mas também de músicas lentas, mostrando que rola um equilíbrio muito bom em cada música, da pra perceber a influencia Thrash, por exemplo nas músicas “ You speak you Lie”, “Never Forget” , porém em “Among Thieves “ podemos perceber que a banda já muda para uma sonoridade mais lenta abusando do medal duplo na bateria, da pra sentir a influencia Death Metal correndo, conseguem mudar de velocidades diferentes sem perder a pegada, destaque principal para “Black the Day”, onde a banda mistura praticamente tudo o que se passa no disco, passadas rápidas, lentas, variações e solos.

É impressionante essa sonoridade que o Forahneo consegue passar no disco sendo que o disco todo tem apenas 38:30 minutos, sendo cada música com o tempo médio de 03 minutos contendo duas faixas bônus, a banda até abusa um pouco da música clássica na faixa “ Low End Adagio” onde eles tocam um Adagio do compositor Albioni, mostrando que os caras conseguem misturar sonoridades diferentes pro disco deixando assim mais rico . Vale ressaltar que o disco foi muito bem produzido quanto a mistura e equalização vocal e dos instrumentos também.

A arte da capa do disco foi feita pelo renomado artista brasileiro Marcelo Vasco ( Machine Head, Soufly, Dark Funeral e etc), e para finalizar posso dizer que mesmo o Forahneo sendo uma banda da atualidade é uma banda que esbanja talento que tem um futuro promissor, e o disco Perfidy é a prova disso.

Tagged with:
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles