Firewind – Live São Paulo

A noite de 10/03/2018 ficou marcada por uma grande apresentação de uma banda que nunca havia pisado em solo brasileiro, nada mais nada menos que os gigantes da Grécia liderados por Gus G (Ex-Ozzy Osbourne), o Firewind! A banda vem promovendo a tour do seu disco “Immortals”, e a casa escolhida para apresentação foi o Manifesto Bar.

O Firewind atualmente é formado por Henning Basse (Vocal), Bob Katsionis (Guitarra/Teclado), Petros Christo (Baixo) e Gus G (Guitarra) e simplesmente trouxeram o melhor do metal para a cidade de São Paulo.

A galera que ia chegando no Manifesto demonstrava bastante ansiedade em ver os caras, afinal, são 20 anos de carreira sem pisar no Brasil, tempo suficiente para o Firewind conquistar o seu público, fora que toda vez que Gus G veio para o Brasil ainda era guitarrista do Ozzy, porém pontualmente como estava no cronograma o show começou as 19:30 em ponto, daí em diante é só uma porrada atrás da outra.

A banda abriu o show com a bela “Ode To Leonidas” dona de grandes melodias e riffs bem trabalhados, a melhor música possível para se fazer uma abertura de show fazendo a galera pegar fogo logo de início! A banda seguiu então com “We Defy”, “Head Up High” e “Few Against Many”, uma porrada atrás da outra! Confesso que fiquei muito impressionado, pois apesar de ser um ouvinte de Firewind há um bom tempo, não imaginava que presenciar um show dos caras seria tão destruidor logo de início.

Os caras então anunciam a clássica “Between Heaven and Hell”, dona de um riff matador e um refrão cantado por todos na casa, com certeza o primeiro grande momento de pico do show seguido logo da poderosa “World On Fire”, simplesmente de tirar o fôlego!

O show continua e após a execução de “Hands of Time” e “Wars of Ages” temos um momento dedicado somente para os instrumentistas, onde o tecladista e guitarrista Bob Katsionis simplesmente destrói com um belo “Shred” de teclado, que aliás, vale ressaltar que além de fazer as bases de guitarra o cara toca um teclado que é brincadeira, onde Gus G acompanhava o teclado “fritando” sem parar formando um grande dueto de fritação sem parar! Afinal já não é novidade que Gus G também é considerado um dos melhores guitarristas da atualidade, o cara é simplesmente de outro planeta, os músicos do Firewind são de primeira qualidade!

A banda então dá uma quebrada no show com sua bela balada do disco “Immortals”, intitulada “Lady of 1000 Sorrows” já seguindo para os momentos finais. Ainda rolou “Mercenary Man”, a clássica “Tyranny” e “I Am the Anger”. Daí pra frente a banda faz uma pausa de 5 minutos para tocar as duas últimas, porém após a execução de “Live and Die By the Sword” (uma das melhores músicas do disco Immortals) Gus G desce no meio da pista para tocar “Falling to Pieces”, nem preciso falar que a galera ficou maluca ao ver o cara no meio da pista tocando guitarra, simplesmente animal!

Firewind deixa para nós de São Paulo uma apresentação memorável, digna de muitos aplausos, e espero que não demorem mais 20 anos para voltar ao Brasil!

 

Setlist:

1 – Ode To Leonidas

2 – We Defy

3 – Head Up High

4 – Few Against Many

5 – Between Heaven and Hell

6 – World on Fire

7 – The Fire and the Fury

8 – Hands of Time

9 – War of Ages

10 – Keyboard & Guitar solos

11 – Lady of 1000 Sorrows

12 – Mercenary Man

13 – Tyranny

14 – I Am the Ager

Encore:

15 – Live and Die By The Sword

16 – Falling to Pieces

Tagged with:
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles