Evil Hail Fest – 14/12/2014

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

O Ultimo grande evento extremo do ano, denominado Evil Hail Fest, ocorreu no ultimo dia 07/11/2014 no Carioca Club, com um Cast hiper pesado, apresentações matadoras e uma organização impecável. Os detalhes deste grande evento, você confere nas linhas a seguir e nos cliques efetuados pela nossa reportagem.

Após algumas baixas, o festival prosseguiu mais forte como nunca e as bandas nacionais Nervochaos e Genocidio, fizeram as honras se apresentando primeiramente com um ótimo som e excelentes performaces, que agradaram o público que ainda estava chegando ao local da apresentação.

blood1

A primeira atração gringa da noite foram os Noruegueses do Blood Red Throne, que meus amigos, derrubaram tudo, uma apresentação perfeita, com peso, agressividade, riffs matadores, e presença de palco marcantes.

Musicas dos álbuns Souls of Damnation, Altered Genesis e o meu predileto, Affiliated with the Suffering, além do ultimo trabalho o petardo auto intitulado Blood Red Throne, fizeram desta uma das apresentações mais brutais da noite.

 

blood2

Musicas rápidas com riffs certeiros e pesados que não deixam ninguém parado, misturados ao excelnte vocal de Yngve Bolt Christiansen, que é absurdamente gutural, e ainda para celebar a festa o guitarrista Død, simplesmente joga a sua guitarra ao público no fim da apresentação, dizendo que o fã brasileiro merece.

Na sequência mais uma bela apresentação dos poloneses do Besatt e seu Black Metal cada vez mais trabalhado, os caras estão muito entrosados, a apresentação que vi na cidade de Mauá já era uma prévia de que o Besatt viria com tudo para este Fest, e foi o que ocorreu.

 

besatt2

O Besatt passou por uma mudança muito grande em seu som, as músicas estão mais trabalhadas, mais lapidadas com muito mais técnica e mais refino, e isso é parte da mudança que a banda implementou no ultimo álbum, o conceitual Nine Sins.

A formação atual está hiper entrosada e o show dos caras está muito pesado e muito tecnico, uma ótima banda, que colocou um peso estrondoso no Carioca Club, com o seu poderoso Black Metal.

 

besatt1

Após alguns ajustes era a hora dos veteranos belgas do Enthroned terem a sua vez no palco, com um som típico e já consagrado, o Enthroned sacudiu os fãs que queriam música pesada de qualidade.

A boa presenca de palco de Nornagest, fez com que a galera agitasse muito com a banda, particularmente sempre vou achar o Sabathan melhor, mas como não podemos ter tudo que queremos, tenho que admitir que o Nornagest, realmente se esforça para manter a banda alinhada ao vivo.

Enthroned2

 

Por fim era a hora da banda mais esperada a da noite os caras do Terrorizer e nada mais nada menos que Pete Sandoval, que é um dos mais famosos bateristas de death metal. Nascido em Santa Ana, El Salvador, ele é conhecido por todo o mundo como o maior representante do metal extremo em termos de bateria.

E o público modesto, porém fiel estava lá, e viu o que foi aquela apresentação, amigos fiquei arrepiado nos primeiros acordes de Storm of Stress, seguida de Fear of Napalm, que não deixou um ser no Carioca em plena consciência.

 terrorizer1

 

Entramos em transe ali, só viamos o mosh, só viamos a violencia e a agressividade daqueles acordes nervosos de Lee Harrison, que eu quero que se dane se é baterista do Monstrosity, ali ele é o guitarrista do Terrorizer e um puta de um guitarrista diga-se de passagem.

Tenho para mim que o World Downfall é uma bíblia do Grindcore, e o que tivemos ali no Carioca Club, foi cum culto a esse trabalho tão ovacionado, e tão maravilhos como é esse álbum.

terrorizer2

 

Os acordes eram certeiros, o vocal era agonizante , e a bateria dispensa comentários né amigos ?  Irretocável a apresentação do Terrorizer, foi maravilhosa e que me arancou lágrimas dos olhos.

Espero um dia ver de novo o Terrorizer ao vivo e me divertir o tanto que me diverti naquele domingo dia 07/12/2014, parabéns ao Tiago Claro, produtor sério, honesto e que trouxe um ícone, uma lenda, para podermos prestigiar aqui, e digo que fica nosso muito obrigado por nos proporcionar aquele momento único.

 

terrorizer3

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles