Doom Nation Festival com Belzebong – Live RJ

O Doom Nation Festival, que é a primeira parceria das produtoras Abraxas e Doom Nation, estreiou no Rio de Janeiro respectivamente no dia 30 de julho, no La Esquina, já com uma atração de peso e inédita no Brasil, o Belzebong, e o Heavy World estava lá para cobrir esse maravilhoso Festival.

Esta edição Carioca do Doom Nation Fest ,teve também a participação da banda Ruínas de Sade, heavy doom psicodélico de Brusque/SC, com suas letras em português, além dos caras do Baphomaster, que abriram a noite, está última com influências do metal soturno das décadas de 1970 e 1980 e do viscoso sludge, eu curti muito.

 

Ambas as bandas tocaram para uma casa com lotação média, e agradeceram muito a presença da galera que chegou mais cedo naquele domingo pra prestigiar todo o evento. Sabemos que os eventos em dia de domingo são as vezes mais fracos e com menos plateia, mas dessa vez, eu presenciei uma casa mais cheia com maior público, o que é muito bom.

 

Falando da apresentação principal da noite, vindos da longínqua Polônia, o quarteto Belzebong, não veio ao Brasil de brincadeira não, o show foi incrível e desde o início da apresentação foi recheado com toneladas de riffs e viagens instrumentais repletas de fuzz, e aquela aura anos 70 que os caras colocam em sua música, meio Black Sabbath, meio Deep Purple, porém com aquela pitada de originalidade, para não soar massivo é repetitivo.

 

Os caras nessa apresentação, provaram para o público Brasileiro, porque são considerados uma das bandas mais pesadas da cena europeia. Falando um pouco de set list, a Banda tocou para os presentes quase que na íntegra, os seus dois álbuns lançados, o clássico ‘Sonic Scapes & Weedy Grooves’ de 2011, além do mais recente, Greenferno’, do ano de 2015.

Mais um grande Festival que nasce no País, eles começam assim, pequenos, porém muito organizado, e organização foi nota 10 aqui no RJ, e se seguir com essa qualidade, tem tudo pra ser próximas edições. Esperoque o Festival, ocorra novamente no ano que vem, com a mesma quantidade de bandas de qualidade desse ano, pois a nossa cena está precisando de festivais, produção, e produtores sérios.

 

Set List

Bong Thrower
Names of the Devil
Diabolical Dopenosis
Inhale in Hell
Witch Rider
Acid Funeral
Dungeon Vultures

2
Matéria enviada por Lucas Amorim