Cancer – Sinfonia do Caos e da Destruição em São Paulo

Finalmente depois de tantos anos, a lenda do Death Metal Mundial, Câncer veio ao Brasil, para mostrar seu som, brutal, técnico e  extremamente agressivo aos brasileiros, foi apenas uma apresentação em São paulo, na Clash Club, porém, uma apresentação que ficará na história, pois a banda simplesmente mostrou como é fazer musica pesada sem frescura.

Antes do Cancer, as bandas Nacionais, Cemiterio, Cauterization e o Torture Squad, fizeram bonito e deixaram a festa muita mais bonita, embora o público fosse pequeno, deu aquela força para as bandas que puderam fazer seu som e mostrar o seu trabalho, além da grande fase que vive o nosso Metal Nacional.

IMG_2940

O destaque fica para à aguardada apresentação do Torture Squad com sua nova vocalista Mayara Puertas, que se mostrou muito confortável na apresentação, provando que o Torture Squad novamente voltará ao primeiro escalão de bandas nacionais, local de onde nunca deveria ter saído, boa apresentação provando que o Torture voltou com tudo.

O Cancer ingressa ao palco sem enrolação por volta das 21:00, e já destruindo tudo com o petardo C.F.C., do clássico maravilhoso, lindo de morrer To the Gory End, é uma pancada lascada esse som, puta que pariu, guitarras serra elétrica e um vocal perfeito de John Walker, que pra detonar logo a Clash Club emenda sem muitas delongas o petardo Into the Acid, esse som é demais, raivoso e com um refrão enlouquecedor, sem falar naquelas paradinhas que você quebra o pescoço de tanto agitar.

IMG_2944

A banda não se mexe muito, porém o público não fica parado não, agita, abre o Circle Pit, faz air guitar, e agita muito, e por falar  agitar, John anuncia nada mais, nada menos que Death Shall Rise, colocando fogo na apresentação, esse som dispensa comentários, se você conhece a essência da desgraceira, a pura descrição de ódio, você com certeza já ouviu esse som, pois esse é o resumo.

Os caras agradecem o público pela presença, dizem que o Brasil é demais e mandam mais pauleira dessa vez a arrastada Die Die, com aquele refrão chiclete, que gruda na sua cabeça e não sai de jeito nenhum, um som maravilhoso que animou todo mundo na pista, pois sempre é bom relembrar esses clássicos absolutos do Death Metal.

A banda estava muito entrosada Ian Buchanan e seus lindos cabelos eram um dos mais animados no palco, o cara pode não falar muito, mas toca e agita demais e o Carl Stokes ?…Meus amigos, como esse cara toca !….bateria perfeita, com uma pegada sensacional, da gosto ver uma banda tocando pesado e com tanta garra.

cancer 3

Pra terminar a apresentação mais uma do grande Death Shall Rise, a quebradeira Hung, Drawn and Quartered, com aquela bateria mula manca que te chama pro mosh, terminando a apresentação com um cover especial e muito bem executado de Dethroned Emperor, do inigualável Celtic Frost, isso sim é um cover de bom gosto não acham ?…..ótima apresentação, valeu a pena, valeu a espera, o Cancer, é foda, é uma instituição do Death metal e ver os caras foi mais que um show, foi uma aula.

 

 

 

SET LIST DESSE SHOW ESPETACULAR 

IMG_2978

2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles