Mayhem – São Paulo viu o caos

Texto – Vinicius Coimbra

Fotos – Fernando Pires Acesse todo material do fotógrafo aqui  – http://www.flpires.com.br

 

Destruição, peso, maldade, escuridão, são poucas palavras para descrever o que o público de São Paulo presenciou na noite de 09/10/2016. Simplesmente a Clash Club recebeu a lendária banda de Black Metal Mayhem , responsável por ser uma das principais bandas do gênero e inclusive tocando na íntegra seu primeiro disco de estúdio, o polêmico e pesado “De Mysteriis Dom Sathanas”, um dos discos mais influentes do metal extremo.

Pouco antes do show começar a casa já estava lotada e a galera estava muito ansiosa para ver o show, escutei muitos comentários de fãs que diziam que era um momento muito especial por ver o Mayhem executar “De Mysteriis Dom Sathanas” na íntegra.

mayhem-1             Foto – Fernando Pires

Pois bem, 20:00 hrs no relógio o palco já se enchia de fumaça e já conseguíamos escutar a introdução, os guitarristas encapuzados (Teloch e Ghul ) , o lendário baterista “Hellhammer”, no baixo “Necrobutcher” subiam ao palco para começar os primeiros riffs de “Funeral Fog”que inclusive são riffs velozes e já fazendo a pancadaria comer solta.

Em seguida o vocalista, ou melhor chamando de cadáver “Attila Csihar” sobe ao palco também encapuzado com uma “Corpse Paint” bem pesada, fazendo o clima do local ficar ainda mais sombrio. Dava pra ver que os caras não estavam com brincadeira principalmente quando iniciam os riffs de “Freezing Moon” que é um dos maiores clássicos da banda fazendo a galera ir ao delírio e até mesmo cantar, ou melhor, gritar junto.

Show do Mayhem é o típico show que você não fica parado um segundo, é pura pancadaria e peso o show inteiro, a banda seguiu tocando os clássicos “Cursed in Eternity”, “Pagan Fears”, “Life Eternal”, “From the Dark Past” uma atrás da outra fazendo a galera ir a loucura em cada momento do show, os dois guitarristas mais pareciam que estavam apostando corrida junto ao acompanhamento destruidor da bateria de HellHammer.

A banda seguiu com “Buried by Time and Dust” e para finalizar o disco todo a faixa título “De Mysteriis Dom Sathanas” que inclusive Attila Csihar com seu figurino meio “bispo” cantava fazendo vocais limpos e sujos no meio da música.

 

mayhem-2             Foto – Fernando Pires

A banda deu uma pequena pausa para fazer a casa cair de vez ao tocarem a clássica “Deathcrush”, e sinceramente achei que a casa ia cair mesmo, os caras simplesmente destruíram e a galera destruindo muito mais, seguiram com “Chainsaw Gutsfuck” e finalizando a desgraça total com “Pure Fucking Armageddon”.

Com certeza o Mayhem veio ao Brasil fazendo as forças do mal dominarem tudo sem frescura, de casa lotada dava pra ver que a galera extasiada após ver a lenda do Black Metal mundial pisar em solo brasileiro ainda mais tocando na íntegra seu primeiro disco, com certeza um show pra ficar marcado na história.

Tagged with:
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles