Dream Theater – Transcendendo os Limites do Possível

Por Vinícius Coimbra

Na noite fria de 22/06/2016 o espaço das Américas recebeu o Dream Theater que veio ao Brasil para apresentar seu mais recente trabalho “The Astonishing” tocado na íntegra. Confesso que quando eu soube disso fiquei com receio, afinal a banda decidiu fazer um show diferente, um show com uma performace de ópera-rock teatral, com todos os setores da casa no formato de acentos.

O palco tinha alguns detalhes muito interessantes, onde o telão era formado por cinco colunas compridas onde as animações baseadas na história de The Astonishing, os efeitos eram muito interessantes , como as nuvens que eram mostradas durante a animação, os personagens que compõem a história do disco e também o oceano.

Pontualmente 21:30  o telão começa a tomar vida e diversos NOMACS ( espécies de robôs na historia do disco) começam a invadir os telões, as luzes se apagam e os quatro virtuosos da banda sobem ao palco para dar início ao show com “ Dystopian Overture” com um volume bem alto somado aos belos efeitos que apareciam no telão que sinceramente eram de deixar qualquer um de queixo caído, uma mega produção sensacional.

 

Dream Theather 1

Seguindo em “The Gift of Music” o vocalist James Labrie sobe ao palco, porém parece que seu microfone está desligado, porém em poucos segundos o erro é ajustado.

As músicas vão ficando cada vez mais pesadas com o decorrer do ato, mais pesadas que no disco, porém quero ressaltar que a presença de Jordan Rudess no ato I foi sensacional, é impressionante como o tecladista dita o ritmo das músicas e preenche o sons de orquestra que contém no disco.

Sinceramente a platéia não poderia ser presenteada melhor do que o final do primeiro ato, onde os caras improvisam no final de “A New Beginning” com solos, quebras de tempo, mostrando a técnica apurada de cada músico. O primeiro ato é encerrado com “The Road to Revolution”e a banda se despede dos palcos as 22:55.

A banda retorna as 23:15 com muitas pessoas voltando para os seus lugares, a banda volta com ”2285 Entr’acte”, na sequencia “Momento f Betrayal”. Labrie pede para os fãs cantarem o refrão porém era difícil escutar a galera pois o som continuava bem alto.

O segundo ato foi seguindo juntamente com os efeitos maravilhosos que o telão proporcionava, sinceramente os efeitos superaram minhas expectativas, realmente assistir os caras tocando de forma formidável juntamente com os efeitos no fundo me senti realmente em uma peça de teatro.

 

Dream Theather 2

A banda seguiu com ”Hymn of a Thousand Voices” e Labrie pede para que todos se levantem. A partir daí todos continuaram em pé apreciando o espetáculo maravilhoso que o Dream Theater veio proporcionar. Pouco tempo depois a banda encerra o espetáculo com a faixa título “The Astonishing”.

O Dream Theater veio para o Brasil com a intenção de mostrar algo novo, algo que nunca tinham feito antes, como mencionei fiquei com bastante receio antes de ver o show, mas depois de assistir a esse espetáculo maravilhoso que deixou os fãs de queixo caído não tive dúvidas que os caras vieram mais uma vez pra arrebentar. É muito difícil uma banda fazer o que o Dream Theater se propôs a fazer, mas os caras provaram que são acima da média e presentearam o espaço das Américas com um espetáculo de encher os olhos.

 

Setlist :

Act 1

  1. Dystopian Overture
    02. The Gift Of Music
    03. The Answer
    04. A Better Life05. Lord Nafaryus
    06. A Savior In The Square
    07. When Your Time Has Come
    08. Act Of Faythe
    09. Three Days
    10. Brother, Can You Hear Me?
    11. A Life Left Behind
    12. Ravenskill
    13. Chosen
    14. A Tempting Offer
    15. The X Aspect
    16. A New Beginning
    17. The Road To RevolutionAct 2
  2. 2285 Entr’acte
    02. Moment Of Betrayal
    03. Heaven’s Cove
    04. Begin Again
    05. The Path That Divides
    06. The Walking Shadow
    07. My Last Farewell
    08. Losing Faythe
    09. Whispers On The Wind
    10. Hymn Of A Thousand Voices
    11. Our New World
    12. Astonishing
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles