Única apresentação no Rio > ULI JON ROTH (ex-Scorpions) no Teatro Rival Petrobras

 

Contagem regressiva para o show do ULI JON ROTH (ex-Scorpions) no Teatro Rival Petrobras, na Cinelândia. Considerado um dos mais importantes guitarristas de sua geração e influenciador mundo afora com seu estilo de tocar, especialmente no gênero Heavy Metal, ele celebra seus 50 anos de carreira num show com 2 horas de duração recheado de clássicos do Scorpions e do Electric Sun, no dia 27 de setembro, quinta, às 21h.

 

Ex-guitarrista da banda Scorpions e do Electric Sun, Uli Jon Ruth ingressou no Scorpions em 1973 como substituto do então guitarrista prodígio Michael Schenker (Ex-UFO e irmão mais novo de Rudolf Schenker). Naquela época ele gravou com os Scorpions álbuns aclamados pela crítica especializada que viraram grandes clássicos do rock e dos fãs, como Fly to the Rainbow (1974), In Trance (1975), Virgin Killer (1976) e Taken by Force (1977) além do disco “ao vivo” no Japão, Tokyo Tapes (1978). Este último considerado um dos melhores discos ao vivo de todos os tempos, dada a energia da banda durante a apresentação e, em especial, o incrível trabalho de Uli Jon Roth nas guitarras.

 

Em 1978, Roth deixou o Scorpions e formou o Electric Sun onde permaneceu até meados da década de 1980. Desde então, Uli tem se apresentado como artista solo, cultuado por uma legião imensa de fãs ao redor do mundo. 

 


Serviço

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 27 de setembro (Quinta). Horário: 21h. Abertura da casa: 19h30. Ingressos: De R$ 140,00 a R$ 360,00. Meet and Greet à partir de R$ 120,00 (Necessário adquirir ingresso para o show) Venda antecipada http://www.clubedoingresso.com/ulijonroth-rj. Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

 

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras

 

Tagged with:
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles