SURR se apresenta em SP para Divulgação de Seu Primeiro Trabalho

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

A Banda santista SURR lançou em maio em todas as plataformas digitais, o primeiro disco da carreira com um show exclusivo nos Estúdios Aurora, em São Paulo.  “Prólogo” nasceu empoderado e com um instrumental violento. O disco tem todos os ingredientes para marcar 2019 na história do rock nacional.

A  exemplo de muitas celebridades internacionais, os roqueiros Yuri Cruz Costa (letras e voz), Lucas Costa (guitarra), Avanir Neto (baixo) e Gui Miranda (bateria) fizeram  um pré-save, no dia 2 de maio, oito dias antes do lançamento oficial.

“O câncer se espalha nas ruas, ninguém é só bom, ninguém é só mau. Primeiro o pão, depois a moral.” O single “Câncer” é a porta de entrada para o disco, seguido por “O Grito”, “Carne e Osso”, “Mundo”, “Resistentes”, “A Queda”, “Extermínio Tropical”, “Nascidos para Matar”, “Réquiem”, “Fogo Amigo”, “Estado Nacional”, “Força, Enxada e Voto” e “Genocídio Frankeinstein”.

“Prólogo” tem influências que vão do rock clássico ao trash metal. Apesar das diferentes sonoridades, a identidade da banda sempre se mantém. “Um som de protesto e questionamento político e social. A letra é o ponto de partida de tudo. Essa mensagem é levada por uma voz agressiva, riffs marcantes e batidas fortes”, explica a banda.

O álbum é um retrato sonoro feito sob o olhar da SURR sobre o comportamento na sociedade em que se vive. “As letras falam sobre conflitos de todas as proporções, externos e internos, nacionais e mundiais, individuais e coletivos sem razão absoluta. O objetivo é único: fazer da música e da arte uma arma, um grito revolucionário.

Em fevereiro, SURR havia lançado o single “Carne e Osso”. Em dezembro do ano passado, veio “Réquiem”. O single, que entrou na Playstist oficial do Spotify “Metal BR”, foi inspirado em tudo o que a banda mais gosta no trash metal, riffs firmes e pontuais misturados com o peso que cria um forte refrão. Antes, mas no mesmo ano, foi lançada a faixa “Fogo Amigo”, que trouxe um rock pesado e uma letra impactante cheia de protestos e questionamentos.

Bio

SURR é uma banda de rock formada em 2015, na cidade de Santos, litoral de São Paulo. Yuri Cruz Costa (letras e voz), Lucas Costa (guitarra), Avanir Neto (baixo) e Gui Miranda (bateria) utilizam teor político e social para refletirem sobre as relações humanas no mundo moderno. Os instrumentos e sons são uma forma de protesto, questionamento e luta.

A linha do tempo da banda SURR se consolida na arte, cujas influências estão presentes na música, no cinema, teatro e na literatura. O som é composto por letras e instrumental, que atuam juntos para criar um conteúdo contundente e impactante, que dialogue com o que acontece no mundo atual.

No Spotifycom 12 músicas lançadas entre 2016 e 2018, a SURR alcançou a marca de mais de 292,5 mil streams.

A SURR já dividiu o palco com as bandas Dead Fish, CPM 22, Glória, Dance Of Days, Questions HC, Escombro, Bayside Kings, entre outras. Além disso, fez shows nas principais casas de Santos, da região do ABC, Guarulhos, e São Paulo (capital). Em 2017, excursionou por Santa Catarina.

 

Serviço
Data: 23 de junho 2019 – Domingo
Augusta 339 Rock & Pub – Rua Augusta, 339 – São Paulo.
Horário: 16h30
Entrada: a partir de 20,00 mais um agasalho

Site oficial

www.surr.com.br

Links

Facebook: /surroficial

Instagram: @banda_surr

Twitter: Banda_SURR

Youtubehttps://www.youtube.com/channel/UC8j0xhQdKK3Ff4Y-i586LNw

Spotify : https://open.spotify.com/artist/6ne9x…

Tagged with:
2
Matéria enviada por Lucas Amorim