“Estamos sempre trabalhando para fazer do Anthrax uma banda melhor”

anthrax-band-2015

 

O Heavy World esteve  em Belo Horizonte e teve a honra de conversar com Frank Bello, baixista do Anthrax no hotel em que a banda estava hospedada antes do show do ultimo sábado.

Bello nos contou em um entrevista exclusiva como foi o primeiro show da turnê junto com o Iron Maiden no Brasil, falou sobre o novo álbum do Anthrax “For All Kings” e sobre a ausência de Charlie Benante na tour.

Confira abaixo a entrevista com Bello e o audio original (em inglês).

 

1- Vocês fizeram o primeiro show dessa turnê no Brasil na última quinta-feira no Rio de Janeiro. Como você se sentiu e como a platéia reagiu à apresentação do Anthrax?

Frank Bello– Foi uma loucura! Essa tour junto com o Iron Maiden tem sido fantástica! Nós lançamos nosso ábum novo “For all Kings” , e não paramos desde então. Quando eu digo que não paramos é que não paramos mesmo, o disco saiu na  sexta-feira e começamos a tour com o Iron Maiden na segunda-feira. Apesar da correria estamos muito animados, pois estamos tocando para um público enorme, e é uma ótima combinação essa tour com o Iron Maiden porque muitos fãs do Iron também são fàs do Anthrax, e esperamos que os fãs do Iron Maiden que não nos conheçem e estão nos vendo pela primeira vez possam se tornar fàs do Anthrax também. Isso é muito importante pra nós e acredito que tem funcionado muito bem, porque vemos todo mundo curtindo os shows  temos aquela sensação “é isso aí!”, nós somos fãs, fãs no palco tocando para outros fãs com toda energia possível, é isso que estamos fazendo. Tem sido ótimo. Nós somos muito humildes e nos sentimos muito afortunados por estarmos participando dessa turnê.

 

2- Como surgiu essa grande oportunidade de tocar ao lado do Iron Maiden?

FB: Eles nos convidaram. Somos amigos há muito tempo. Conheci Steve Harris quando eu tinha apenas 15 anos, como fã, e somos amigos desde então. O Anthrax e o Iron Maiden são bandas muito próximas, nossas equipes técnicas são muito próximas também, nós saímos juntos, somos como uma grande família. É uma situação muito confortável para todos nós e eu acredito que ficaremos muito tristes quando essa turnê acabar,  porque não vamos mais nos ver todos os dias. Quando o Anthrax e o Iron Maiden estão juntos nós sabemos que será uma combinação muito boa.

800x434_anthrax_perus

3- E sobre a reação dos fãs sobre essa tour conjunta?

FB: É fantástica porque todo mundo curtiu muito essa nossa tour juntos, nós vemos reações maravilhosas dos fãs, eles ficam enlouquecidos, não poderia ser mais animador e estamos muito gratos por tudo isso.

 

4- Ficamos sabendo de última hora que Charlie Benante não estaria presente nessa tour. O que aconteceu com ele?

FB: Sabe o que é túnel do carpo? Se você olhar para o pulso do Charlie, dá pra ver que ele já faz uma cirurgia nele. Charlie é um baterista, óbvio (risos), e ele começou a sentir muitas dores nos últimos tempos, há umas 3 semanas atrás, mais ou menos, e temos um grande amigo, John Dette,  e o convidados para tocar conosco durante algumas apresentações, ele tocará conosco nos 5 shows aqui no Brasil. E realmente não foi uma opção para o Charlie tocar nessas apresentações porque ele não podia nem segurar a baqueta  sem sentir dor. John é um ótimo baterista, ele tem muita energia, o que tem tudo a ver com o Anthrax, e sem dúvida somos o mesmo Anthrax com ele na bateria. Infelizmente é parte da vida, e ainda bem que as pessoas entendem que Charlie ficará bem e estará conosco da próxima vez que viermos para cá.

 

5- Falando sobre o John, porque ele é sempre a primeira opção de vocês quando o Charlie está ausente?

FB: John é um ótimo baterista, sabe bem as músicas e é nosso amigo. É muito importante ter alguém como ele por perto nesses momentos de necessidade. O processo se torna fácil, confortável e muito simples. Nós simplesmente dizemos : John, Charlie não poderá tocar, precisamos muito de você, e ele sempre está lá para nos ajudar e apoiar nesses momentos de necessidade. Essa noite não precise se preocupar, pois ele dará conta do recado (risos)!

 

Anthrax-1008x700

6- Voltando a falar dos shows dessa tour. O que os fãs podem esperar do setlist e da atuação de vocês hoje e nos demais shows dessa turnê?

FB: Apenas uma coisa: Energia! Nós temos muito energia e esperamos o mesmo de volta dos nossos fãs, uma grande bola de energia com todo mundo, 110% de energia de toda a banda e de todos os fãs que estiverem lá assistindo ao show. Sobre as músicas, nós sabemos que todos tem suas músicas preferidas, eles twittam muito o que querem ouvir nos shows, colocam nas nossas redes sociais. Infelizmente não dá pra tocar tudo que nos pedem, porque temos apenas 50 minutos, então faremos o nosso melhor para tocar tudo o que for possível dentro do tempo que temos.

 

7- O Anthrax tem discos muito bons. Quais são as motivações de vocês para fazer algo cada vez melhor que os cd`s antigos?

FB: Porque colocamos padrões como fãs em cada coisa nova que fazemos. Pensamos sempre: O que me faz ter aquela bola de fogo na barriga? Quando Charlie se senta para escrever, ele tem que encontrar essa sensação, porque também somos fãs. Se isso não acontece, não é o Anthrax. É isso, essa coisa da energia.

Clockwise from Left/front: Scott Ian, Frank Bello, Charlie Benante, Joey Belladonna, Jon Donias

8- O novo disco For All Kings é muito bom, e soa como o velho Anthrax. Fale-nos um pouco sobre ele.

FB: Para mim é algo que vem de nós, é uma coisa boa, porque eu acho que a única coisa que fazemos é sermos nós mesmos. Não tentamos recriar o passado, é apenas uma boa combinação de quem somos, e isso é melhor coisa que fazemos, somos honestos porque não podemos fingir ser algo que não somos. Nós estamos muito animados com esse novo trabalho, tem sido maravilhoso.

 

9- Os fãs mais old school do Anthrax gostaram muito do novo álbum…

FB: É ótimo saber que os fãs antigos gostaram desse novo trabalho, pois nossa meta sempre foi manter os fãs antigos e que são muito críticos em relação ao nosso trabalho e também conquistar novos fãs. É muito gratificante essa chance que os fãs dão a cada novo trabalho, pois nós trabalhamos muito duro nas músicas, nós não escrevemos qualquer coisa e dizemos “está feito”, nós estruturamos um trabalho para ter aquele sensação de fogo na barriga.

 

10- Você acha que conseguiram alcançar o que gostariam com o novo álbum ou acha que faltou alguma coisa para ser perfeito?

FB:  Acho que não faltou nada, porque nosso apetite por fazer um novo álbum era muito grande.  Tínhamos muitos fãs old school e uma geração de fãs novos para agradar, muitos fãs do big four, com 14, 15 anos, fãs com 50 anos, de todas as idades. Nós estamos muito animados por viver isso, os reviews tem sido ótimos, nossa música tem atingido as massas, e isso é muito importante. A música faz com que esqueçamos os nossos problemas e fazer um bom disco, faz com que as pessoas se sintam melhor, tem uma relação muito forte em criar uma conexão com as pessoas. As pessoas se sentem melhor, sentem essa energia.

frank Bello

11- Qual é a sua música favorita do novo disco?

FB: É algo engraçado porque eu acesso muito as minhas redes sociais  (thefrankbello)e da banda,  e vejo as pessoas fazendo coisas bem parecidas com as coisas que eu faço.  Eu tenho uma música favorita a cada semana, não apenas uma única música favorita. Essa semana, Suzerain é minha música favorita, na semana passada era Blood Eagle Wings, antes dela era Breathing Lightning, e por aí vai, o que eu acho que é ótimo para o disco, porque cada música é especial, para mim é como se fosse nosso bebê, e nós estamos muito orgulhosos dele. É muito bom ver que as pessoas têm uma conexão com ele, é como nos conectamos com os fãs,  e o show é uma grande celebração. Vamos todos celebrar juntos!

 

12- Para você, quais seriam os pontos altos e baixos da sua carreira?

FB: Há sempre altos e baixos. Problemas com a justiça são sempre pontos baixos, mais eu sempre tento olhar pelo lado positivo, temos sempre que seguir em frente, olhar pra trás é algo negativo, tento sempre ver pelo lado positivo para que eu possa fazer melhor, nós estamos sempre trabalhando para fazer do Anthrax uma banda melhor. Isso é que é importante, nós temos essa fome em nós, é importante nunca deixar de sentir essa fome. Acho que nós fizemos grandes turnês, essa tour é um ponto alto, tocar com o Iron Maiden é surpreendente, fazer parte do Big Four, nós tivemos muitos pontos altos, e esperamos um futuro tão bom quanto, nós estamos sempre melhorando.

 

13- Por favor deixe uma mensagem para os fãs brasileiros.

FB: Obrigado pela lealdade, nós voltaremos com certeza!

 

Audio original (em inglês)

 

O Anthrax se apresentará ao lado do Iron Maiden em mais três shows pelo Brasil, Brasília (22/03), Fortaleza (24/03) e São Paulo (26/03). Confira o serviço através dos links abaixo:

Iron Maiden no Ginásio Nilson Nelson – Brasília/ DF

Iron Maiden no Ginásio Olimpico – Fortaleza/ CE

Iron Maiden no Allianz Parque – São Paulo/ SP

 

 

 

 

 

4
Matéria enviada por Aline Narducci

Similar articles