Endrah confirma show ao lado do Brujeria em São Paulo



Show faz da “Knock Out tour” que vai passar por várias cidades pelo país em maio – foto: divulgação

A Dark Dimensions, produtora responsável pela única e especial apresentação do polêmico e enigmático Brujeria no Brasil, acaba de confirmar o representante nacional que terá a honra em abrir ao show da polêmica “F*** Donald Trump tour” no país.

A performance de Juan Brujo (vocal), El Sangrón (vocal), El Cynico (baixo | Jeff Walker – Carcass), Hongo Jr. (bateria | Nick Barker – Cradle of Filth, Dimmu Borgir, Old Man’s Child, Lock Up, Testament), A. Kuerno (guitarra | (Chris Paccou) e Pititis (vocal – Gabriela Dominguez) é uma das mais esperadas de 2016. O cultuado grupo toca, próximo dia 16 de maio, na Clash Club, em São Paulo.

O Endrah é um dos nomes mais respeitados do cenário da música pesada na América do Sul e EUA. Relentless (vocal), Covero (guitarra), Bruno Santin (bateria) e Adriano Vilela (baixo) executam visceral deaththrashcore, que desde 2002, mesmo com algumas importantes trocas no line-up, ainda mantem prestigio e admiração dos fãs de diferentes países. Neste momento, grupo está se preparando para as diversas exibições da “Knock Out tour” confirmadas justamente para acontecer durante todo mês de maio.

Os fãs interessados em conferir este encontro devem se antecipar. Já estão à venda os ingressos de 2º lote no site do Clube do Ingresso (http://www.clubedoingresso.com/brujeria), Galeria do Rock (loja 255) e diversos pontos espalhados pela região metropolitana.

Recentemente, o Brujeria convocou os fieis seguidores colombianos, equatorianos, brasileiros, chilenos, bolivianos e argentinos para prestigiarem as exibições na América do Sul. Confira o recado dos os vocalistas Juan Brujo e El Sangrón em https://www.facebook.com/Brujeria/videos/10153528185811716/.

Formado no inicio dos anos 90, em Los Angeles (EUA), o Brujeria é um dos nomes mais cultuados e com uma das carreiras mais peculiares do metal mundial. O supergrupo já contou com de integrantes de bandas como Fear Factory, Faith No More, Napalm Death, Dead Kennedys, Carcass, At The Gates e Cradle of Filth. Billy Gould (FNM/Jello Biafra & GSM), Dino Cazares (Fear Factory), Shane Embury (Napalm Death) e Jello Biafra (Dead Kennedys, LARD) são só alguns dos membros da fase de maior sucesso do grupo.

O projeto ganhou notoriedade com o lançamento dos álbuns “Matando Gueros” (1993), “Raza Odiada” (1995) e “Brujerismo” (2000). Este último foi o grande sucesso comercial da banda, os credenciando para disputar o Grammy Latino, mesmo eles pouco se apresentando ao vivo.

Com fortes raízes no México e letras todas cantadas em espanhol, que tratam de temas polêmicos como satanismo, sexo, imigração, narcotráfico, política e revolução, que levaram os integrantes a criar pseudônimos, esconder o rosto e manter suas identidades preservadas.

A música “Seis Seis Seis”, o EP “Demoniaco” e o single “El Patrón”, que homenageia o ex-chefe do Cartel de Medelín, Pablo Escobar, fizeram o barulho necessário para as lendas sobre o Brujeria começassem a surgir.

Link relacionados:
https://www.facebook.com/Brujeria
https://www.facebook.com/endrah
https://www.facebook.com/darkdimensionsbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Tagged with: ,
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles