Amorphis – “Queremos deixar os fãs felizes”

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Todos reconhecem o Amorphis como um dos maiores nomes do Metal Finlandês, os caras são respeitados por compor trabalhos muito bem elaborados e por possuir  uma alquimia única que transpassa em suas composições.

Prestes a desembarcar no Brasil, batemos um papo com o simpático Santeri Kallio, tecladista da banda que nos contou sobre a expectativa da turnê, set list, recepção do novo álbum  e suas influências, confira abaixo essa conversa.

 

1 – Mais uma vez o Amorphis volta ao Brasil, país que é muito respeitado, o que os fãs podem esperar dessa apresentação?

Santeri Kallio: Estamos promovendo nosso novo álbum “Under the Red Cloud”, então vamos tentar tocar músicas dele, claro, sem esquecer da nossa história. Então tocaremos sons antigos, com toda certeza. Como oportunidades como essa são raras, queremos deixar os fãs felizes. Vão ter surpresas muito legais nesse set list para os fãs. Nós estamos tocando muito, já fizemos cerca de cem shows até agora divulgando o nosso novo trabalho, então tenho confiança suficiente para dizer que a banda está em ótima forma e fará um show matador!

 

amorphis2015-1050x780

2 – No México vocês se apresentarão junto com o Children Of Bodom, como ocorreu em 2009 aqui no Brasil. Porque aqui não será a mesma coisa?

SK: Essa é uma ótima pergunta! Claro que seria ótimo se tivéssemos a oportunidade de tocarmos juntos. Na verdade, nos perguntamos a mesma coisa quando encontramos os caras COB na Cidade do México e tocamos juntos. Esse tipo de coisa não envolve as bandas, acaba sendo um negócio definido pelos promotores dos shows. Meu melhor palpite seria que os tour managers não sabiam em primeiro lugar, que a COB e Amorphis estariam em turnê ao mesmo tempo na América Latina. Então provavelmente os locais foram já reservados, um dia para nós e outro dia para o COB, então infelizmente é tarde demais para combinar esses shows. hey! Os fãs terão  shows de metal finlandês mais longos, pois quando dividimos o palco com uma outra banda, geralmente os shows são mais curtos.

 

3 – Vocês estão divulgando o novo álbum o elogiado “Under the Red Cloud”, conte um pouco como está sendo a reação dos fãs a esse trabalho?

SK: O feedback tem sido matador e todo mundo parece gostar do novo álbum. Esse novo trabalho tem recebido ótimas críticas da mídia especializada. Isso tudo não foi uma grande surpresa para nós, pois achamos que esse álbum é maravilhoso pra caralho, não tem nenhuma canção fraca. Eu sinceramente espero que os fãs gostem das novas músicas ao vivo também, haha!

 

4 – O interessante é que este trabalho leva a banda a um som ainda mais progressivo e trabalhado essa é a intenção do Amorphis, ser uma banda mais técnica a partir de agora?

SK: Isso seria uma opção, por outro lado, penso que a nossa música é mais importante do que toda a imagem do que o nível técnico e como ela é colocada em conjunto. Definitivamente nenhuma das músicas não deve sofrer por causa da quantidade de técnica. Então, nós tentamos manter sempre um equilíbrio. Mas temos de administrar, não há mais detalhes e arranjos complexos e musicalidade em “Under the Red Cloud” do que nunca. Então, nós desenvolvemos o álbum mais pra esse lado. Talvez seja porque a banda está ficando mais madura e precisamos de uma mudança e em parte é devido a Jens Bogren, nosso produtor, que realmente se esforçou aos máximo nas músicas.

 

Amorphis

5 – O Amorphis sempre foi uma banda que mesclou muitos estilos em suas composições, e em seus trabalhos, conte um pouco sobre esse lado criativo da banda?

SK: Bem, nós não pensamos demais em como nosso som deve soar. Quando estamos em turnê nós ouvimos muita música juntos e conversamos muito sobre bandas novas que são ótimas. Então todos nós sabemos sempre o que os outros membros estão ouvindo e descobrindo.

O volume de turnês que fazemos também afeta o nosso lado musical, o que vemos e sentimos das reações dos fãs nos shows. As vezes tocamos muita coisa pesada nos shows e todo mundo gosta, então provavelmente teremos músicas mais pesadas no nosso próximo trabalho.

 

 

6 – Conte um pouco aos nossos leitores as influências do Amorphis, quais as bandas que levaram vocês ter o desejo de serem músicos.

SK: Bem, boa música, histórias interessantes e filmes. E claro, a natureza finlandesa que é muito inspiradora e muda muito durante o ano. Nós também temos uma tradição na Finlândia de passar o verão em casas de veraneio, geralmente no meio do nada, então temos muito tempo para relaxar e ouvir os sons da floresta, e longe da vida na cidade. Essas coisas sempre inspiram, pelo menos a mim.

Para mim, pessoalmente, a música sempre esteve presente desde que eu era muito pequeno. Eu tenho uma irmã e um irmão mais velho, então eu meio que tive contato com o rock desde muito cedo. Eu sempre toquei piano antes de ter qualquer tipo de formação musica, e eu sempre tentava escrever minhas próprias músicas e claro, tive  algumas bandas estranhas.

Basicamente, eu escuto todos os tipos de música desde a minha infância.

Jerry Lee Lewis, Elvis to Kinks, Beatles, Hard Rock dos anos 70 e rock dos anos 80. Para mim, essas músicas que escuto desde a infância foram uma grande influência para mim e tem me inspirado desde então.

 

 

7 – Agradecemos a oportunidade e pedimos que deixem um recado aos fãs brasileiros.

SK: Nós amamos o Brasil e os fãs brasileiros. É sempre um verdadeiro prazer tocar no país. Continuem pesados como sempre! Não deixem de conferir nosso novo trabalho “Under the Red Cloud”, com certeza vocês não ficarão decepcionados. Vejo vocês em São Paulo caralho!

 

flyer_amorphis_sp_2016

 

 

Ainda da tempo de comparecer nesse mega espetáculo, confira abaixo serviço !

 

SERVIÇO SÃO PAULO – SP

Data: 27/05/2016 – sexta-feira

Local: Hangar 110

Endereço: Rua Rodolfo Miranda, 110 (próximo ao metrô Armênia)

Abertura da casa: 19h

Início do show: 21h

Censura: 14 anos

Ingressos:

R$ 120,00 – Pista (promocional/antecipado) – Primeiro Lote

R$ 170,00 – Camarote (promocional/antecipado)

Venda pela internet: http://www.clubedoingresso.com/amorphis

Ponto de venda: Paranoid (Galeria do Rock)

4
Matéria enviada por Aline Narducci

Similar articles