Alekto: “Hoje em dia, com um mercado musical tão expansivo, lançar um disco que não cause o devido impacto no ouvinte, seria um erro”

E surge mais um candidato a mais nova potência do Heavy Metal Brasileiro, a banda Alekto, um  supergrupo formado por Cauê de Marinis (baixo), Jhoka Ribeiro (bateria), Woesley Johann (guitarra) e Will (vocal), a banda pode ser nova, mas possui músicos veteranos que já tocaram e ainda tocam em grandes bandas nacionais e internacionais.

Falando de sua sonoridade, o Alekto traz uma proposta sonora agressiva e moderna, misturando peso, melodia e groove, o que resulta em um som único e visceral, que resultou no ótimo álbum  “The Unpleasant Reality”.  A ideologia deste trabalho traz uma visão abstrata da natureza humana, análise políticas e sociais juntamente com uma reflexão acerca do comportamento social perante problemas comuns que todos enfrentamos.

E para nos contar um pouco sobre a banda, seu surgimento entre outos assuntos, batemos um papo com os caras do Alekto, que você confere nas linhas abaixo:

alekto-low

Heavy World – Nos conte um pouco sobre o Alekto, seu início, seu estilo e suas influências.

WILL – : Mais ou menos em setembro de 2015 o Cauê e eu decidimos iniciar esse projeto, foi algo que aconteceu naturalmente, tínhamos algumas ideias de composições que misturavam nossas influências de thrash, death e groove metal. Com quatro músicas pré-produzidas decidimos ir para estúdio para gravar um EP, foi nessa época, Agosto de 2016, que o Jhoka e o Woesley ingressaram na banda e o projeto expandiu para a gravação de um disco full, eles completaram o time e deram a sonoridade que o disco precisava, as composições de bateria e solos de guitarra levaram a banda a atingir o nível que tanto desejávamos.

Com tudo pronto entramos no estúdio de gravação, a banda deu o sangue e concluímos o processo com a qualidade que queríamos.

O Jhoka veio com a idéia do nome, ao ler as letras de músicas e entender o conceito, sugeriu Alekto, uma das erínias na mitologia grega ou fúrias na mitologia romana, responsáveis por castigar os delitos morais como raiva, soberba e etc, tanto homens quanto dos deuses.

 

Heavy World – Três integrantes da banda são do KroW o que dá mais entrosamento ao vivo . Mas isso ajudou  ou atrapalhou a banda na composição do álbum de estreia  “The Unpleasant reality“?

CAUÊ: Com certeza ajudou, o entrosamento não só ao vivo mas como em estúdio sem dúvidas garantiu que as composições saíssem em uma velocidade incrível.

alekto

Heavy World – Alguma música do cd de estreia “The Unpleasant Reality”, foi composta para o KroW ou todos as músicas foram compostas pelo Alekto?

CAUÊ: Todas as músicas foram compostas para o Alekto, o conceito do disco é muito forte e trabalhamos todas as letras e riffs para que conseguíssemos passar esse conceito, seria impossível aproveitar algo que já estivesse pronto antes.

 

Heavy World – O que podemos esperar de diferente na sonoridade da banda nesse disco de estreia “The Unpleasant Reality” ?


WOESLEY: Peso, muito peso! Haha Todos da banda temos influências de bandas Thrash, Death, Black e Groove metal. No nosso som buscamos essa personalidade sonora, misturando elementos de todos esses estilos, a idéia é identificar a banda com facilidade ao ouvir qualquer música.

 

Heavy World – Vocês nem lançaram o álbum e já estão com uma Turnê  Internacional marcada, como correu isso? Já estava planejado?

JHOKA: Com certeza não estava planejado, nosso projeto é muito novo, mas estamos correndo muito desde o começo para fazer o melhor trabalho possível, nas composições, no lançamento, merchandising, show, divulgação e tudo mais, e acho que uma prova de que esse trabalho está dando certo é a confiança que nossos parceiros estão depositando nele, neste caso foi o Xandão da On Fire Booking, que é um grande personagem da cena metal, já excursionou com vários nomes do Brasil e do exterior, mostramos o projeto pra ele, comentamos do interesse de levar a banda para a europa logo no primeiro disco e ele abraçou! Haha. Acho que vai ser um grande lançamento.

alekto2

Heavy World – Quais os desafios de se montar uma nova banda no Brasil um país que não dá valor  a música pesada em grandes mídias ? O que fazer para compensar ?

CAUÊ: Acredito que o mesmo desafio de montar qualquer projeto relacionado a qualquer coisa e em qualquer lugar. Acho que estamos em um momento excelente da nossa cena e o importante é fazer o que realmente acreditamos, essa verdade é transmitida nas músicas.

 

Heavy World – Vocês divulgaram um videoclipe da canção Revenge, como foi a reação do público a ele?

WOESLEY: O pessoal tem falado muito bem, do som à produção do vídeo, ressaltando muito a qualidade que desde o início da produção levamos como algo muito importante, pois No geral estamos muito felizes com as críticas do público e da mídia que têm sido muito positivas.

 

Heavy World – Falando de shows quais os planos de Turnê de divulgação do álbum   The Unpleasant Reality”,  no Brasil ?

CAUÊ: Nossa tour no Brasil  já está marcada para julho, estamos acertando os detalhes como a Restless, nossa agência de booking e em breve teremos mais detalhes para vocês.

 Heavy World – Agradecemos a atenção e pedimos que deixe um recado aos leitores do Heavy World!

WILL: Continuem curtindo, ouvindo e explorando o mundo do metal que nunca para de crescer, bandas vão surgindo e cada vez mais o estilo se faz presente e deixa a sua marca, vamos garantir que continue com essa força!

 

O Alekto conta com o apoio da SJC Drums, PAISTE Cymbals, Borne Amplificadores, Casa dos Bateristas, Csicisticks, Ernie Ball, Trick Drums, Solid Sound e Art Show.

Produtores interessados em contratar o show do Alekto devem entrar em contato com a Restless Booking Agency no e-mail rafathrash@gmail.com ou pelo telefone (11) 954.359.304.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/alektometal
https://www.facebook.com/onfireagency
https://www.facebook.com/restlessbookingagency
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Tagged with:
2
Matéria enviada por Lucas Amorim

Similar articles